Tag: Célia

Clipe 2 – Convidados do Conversa com Verso – 2011/2012

3 de janeiro de 2014 - Por Lourdes Casquete



A cantora Célia é a convidada do ‘Conversa com Verso’ em outubro de 2010.

23 de setembro de 2010 - Por Lourdes Casquete

  A cantora Célia no Conversa  com Verso  em  16/10/2010 - 16:00 Horas  

  Aos 13 anos, a cantora Célia começou a se interessar por música. Estudou violão clássico e popular, harmonia, teoria e composição. Incentivada por diversos amigos, decidiu dedicar-se ao canto. Em 1970, foi lançada no programa "Um Instante Maestro", de Flávio Cavalcanti, obtendo grande êxito. Tanto que em 1971 já gravava seu primeiro LP na Continental, “Célia”, celebrado com vários prêmios. No ano seguinte, gravou novo disco, com canções como "Detalhes" e "A Hora É Essa" (ambas de Roberto & Erasmo Carlos) e a partir de então participou de alguns festivais da canção na Venezuela e no Uruguai. Em 75, lançou seu terceiro LP, com "Camisa Amarela" (Ary Barroso), "Onde Estão os Tamborins?" (Pedro Caetano) e "Não Há Porque" (Ivan Lins e Vitor Martins). Em 77 gravou o quarto LP, dedicado a renomados autores de samba, e estreou o show "Por um Beijo", no Teatro Pixinguinha (SP), ficando em cartaz por seis meses. Em 79, excursionou pelo Brasil com o projeto Pixinguinha, ao lado de Paulo Moura. Nos anos seguintes, continuou fazendo shows em teatros e boates para seu público cativo - especialmente em São Paulo, sua cidade natal -, tais como "Toda Delícia" (80), "Fogo, Por Favor" (82), "Força" (83) - este ao lado de Rosa Maria e Miriam Batucada -, "Vento Bravo" (84), "A Louca do Bordel" (91), entre outros. Nos anos 80 lançou mais dois discos. Depois, só voltaria aos estúdios em 1993, com "Louca de Saudade". Em 95, estrelou o show "Os Gordos Também Amam" em dupla com o empresário e dublê de cantor José Maurício Machline. No ano seguinte, comemorou 25 anos de carreira com o show "Célia e Banda Son Caribe", no Espaço Vinicius de Moraes (SP), com repertório de salsas, mambos e merengues. Em 98, realizou o show "Ame" em dupla com o cantor Zé Luiz Mazziotti no Tom Brasil, cantando clássicos da MPB. Ao lado do mesmo Zé Luiz, gravou em 2000 o CD "Pra Fugir da Saudade" (Jam), dedicado aos sambas de Paulinho da Viola.

Neste ano de 2010, Célia celebra seus 40 anos de carreira com o lançamento do CD 'O Lado Oculto das Canções' , distribuído pela Som Livre. O disco – o 10º de sua carreira –  tem a participação de Ney Matogrosso  e no repertório 14 faixas, entre elas  a canção ‘Vidas Inteiras’ de Adriana Calcanhoto, que está também presente na trilha sonora nacional da novela ‘Passione’.

“Conversa com Verso”:

 Como um inesgotável mosaico, a  produção musical nacional é tingida de muitas cores, origem de sua pluralidade e originalidade. Sob estes matizes, o projeto “Conversa com Verso” vem traçando um panorama significativo da produção contemporânea e comprometida com o zelo estético e o bom uso da palavra a serviço da poesia.

 Tratá-se de um sarau interativo sobre música e a palavra cantada, que acontece mensalmente, sempre aos sábados, às 16:00 horas, no Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano