Tag: Consuelo de Paula

Luhli é a convidada do Conversa com Verso em 28/05/2011.

10 de maio de 2011 - Por Lourdes Casquete

Luhli no Conversa com Verso: Sábado, 28/05/2011 às 16:00.


Luhli, letrista e compositora, é também cantora, violonista e percussionista.

Tem músicas gravadas por Nana Caymmi, Joyce, Wanderléa, Tetê Espíndola, Rolando Boldrim,Zélia Duncan e principalmente Ney Matogrosso, que gravou 13 sucessos de Luhli.

Tem sete discos em parceria com Lucina, os quais as colocaram num lugar de alto prestígio no cenário musical brasileiro. Com ativa participação no movimento ecológico e na resistência cultural, sempre se apresentaram em shows por todo o Brasil e no exterior. Luhli e Lucina assinam diversas parcerias no repertório de cantores de renome, e com o programa radiofônico "Conversinha", pela FM USP, alcançaram primeiro lugar em audiência durante mais de um ano em São Paulo.

Luhli faz arranjos para coral, trilhas sonoras, direção musical de shows e discos, Aplica oficinas de criatividade musical em universidades e centros culturais.
Assina inúmeros projetos gráficos de cartazes, marcas e logotipos, capas de discos e livros. Lançou o livro "Segredo dos Gnomos" com 49 ilustrações de sua autoria.
Em 1998 montou sua primeira exposição de tambores no Centro Cultural KVA em São Paulo, com cerca de cem peças de cerâmica e bambu. Dentro do projeto "MúsicaVivaMúsica", seus "Tambores de Luz" fizeram a ambientação da festa de lançamento do CD gravado no SESC Ramos, com músicas compostas por crianças e jovens sob sua direção criativa.

Em 2005 desenvolveu a criatividade musical em oficinas na Escola de Pais, projeto patrocinado pelo Estado em comunidades carentes, visando a reintegração familiar das crianças de rua.
Depois de montarem um espetáculo sobre folclore brasileiro apresentado por um ano em diversas cidades e de compor cerca de 50 parcerias, Luhli e Betti Albano lançaram em 2003 "Todo Céu Pra Voar", disco e show, com parcerias inéditas, violas, violões, vozes e muita percussão num som dançante que homenageia a natureza.

Entre 2004 e 2005, além de shows, Luhli se dedicou a projetos sociais, multiplicou parcerias por todo o país através da Internet, na lista M-MÚSICA, enquanto produzia seu CD solo"LUHLI", gravado no estúdio FLAUTIM, com produção musical de Ney Marques e lançado pelo selo ATRAÇÃO FONOGRÁFICA.

Em 2008 lançou o projeto O NEY E EU onde, entre conversas e canções, apresenta arranjos pessoais das13 músicas de sua autoria gravadas e consagradas por Ney Matogrosso, cercada pelas belas imagens do artista clicadas pelo fotógrafo Luiz Fernando Borges da Fonseca.

Também em 2008 participou de grandes shows no Amapá, dentro do movimento cultural voltado para a ecologia dos artistas dos povos da floresta, movimento esse que envolve toda a região norte do Brasil, culminando com uma grande mostra musical em São Paulo, no SESC Ipiranga.

Numa temporada de enorme sucesso em Curitiba, em setembro, participou do espetáculo TRÊS MULHERES, num encontro memorável de música e poesia, com a poetisa Etel Frota e com a pesquisadora musical Consuelo de Paula.

Atualmente, prepara um novo trabalho com enfoque percussivo, além da gravação em DVD de seu show "O Ney e Eu".

No "Conversa com Verso", Luhli acompanhada ao violão, entre uma e outra canção, falará sobre a carreira e de sua vasta produção cultural.

Projeto Conversa com Verso: Música e Poesia. Em seu 6º ano de existência, vem traçando um panorama significativo da produção musical contemporânea.

O projeto “Conversa com Verso” recebe em 16/04/2011, a cantora, compositora e poeta, Consuelo de Paula

18 de março de 2011 - Por Lourdes Casquete

Consuelo  de Paula abrirá o sexto ano do projeto “Conversa com Verso” em horário especial, na Virada Cultural: 16/04/11 - Sábado,  às 19h30.

A cantora, compositora e poeta Consuelo de Paula tem 13 anos de reconhecida carreira musical, desde o lançamento em 1998, do primeiro CD “Samba Seresta & Baião”, seguidos de “Tambor e Flor” em 2002 e “Dança das Rosas”, em 2004, uma trilogia fundamentada em conceitos e cores.

Seguindo o caminho das trilogias, Consuelo já tem concebidos mais três trabalhos: todos autorais:  “Casa” com inspiração na cor azul e que está sendo gravado com a Orquestra a Base de Cordas de Curitiba; “Negra”, guiado pelo  vermelho: dará origem à um DVD que foi filmado ao vivo no grande Teatro Polytheama de Jundiaí, com direção de Elias Andreato e “O Tempo e o Branco”, que tem as letras das canções inspiradas na obra de Cecilia Meireles.

Compositora de belas canções, teve a sua música "SeteTrovas" (parceria  com Rubens Nogueira e Etel Frota)  gravada por  Maria Bethânia. Participa do CD “Senhor Brasilde Rolando Boldrin. E acaba de publicar o livro de poesias "A Poesia Dos Descuidos" em parceria com Lúcia Arrais Morales.

No evento Consuelo fará a leitura de poesias dos livros, “Pátria” de Celina Lucas e de seu livro “A Poesia dos Descuidos”, intercalando com a interpretação de canções que compõem o seu repertório, como “Anabela”(Mário Gil/Paulo César Pinheiro), ”Espelho Cristalino”(Alceu Valença), "Dança para um poema " ( canção que abre o CD “Dez Anos do Prata da Casa - SESC SP”),  "Retina" ( faixa que entrou para a coletânea Pathchwork lançada no Japão), Lua Branca (Chiquinha Gonzaga): interpretação que fez parte do CD “Divas do Brasil” lançado em Portugal e este foi disco de prata ) e várias outras inéditas.

 “Projeto Conversa com Verso, traçando um panorama significativo da produção musical contemporânea

 

Conversa com Verso

4 de setembro de 2010 - Por Lourdes Casquete
Douglas Alonso Fabiana CozzaConsuelo de PaulaConsuelo de Paula

Ceumar

Celina LucasConversa com VersoConversa com VersoConversa com VersoConversa com VersoConversa com VersoConversa com VersoConversa com VersoConversa com VersoConversa com VersoConversa com VersoConversa com VersoConversa com VersoConversa com VersoConsuelo de PaulaConversa com VersoConversa com Verso Conversa com Verso

Consuelo de Paula: Borboleta(Consuelo de Paula / Rubens Nogueira)

9 de julho de 2010 - Por Lourdes Casquete